Bahia e Vitória ficaram no empate no segundo clássico Ba-Vi desta temporada de 2019. As duas equipes não saíram do 0 a 0 na tarde deste domingo (10), na Arena Fonte Nova, pela oitava rodada do Campeonato Baiano. Na partida, Edcarlos, pelo lado do Rubro-Negro, e Jackson, pelo Tricolor, foram expulsos em lances distintos.

Com o resultado, apesar de chegar aos 12 pontos, o Bahia caiu para a quinta colocação na tabela de classificação. Enquanto o Vitória, saiu da liderança e agora é o terceiro com 13 pontos.

A dupla Ba-Vi volta ao gramado pela Copa do Nordeste. Pela sexta rodada, o Esquadrão de Aço recebe a visita do Sergipe na próxima quarta-feira (13), às 19h30, novamente na Fonte Nova. No dia seguinte, às 21h30 é a vez do Leão encarar o Confiança, no Batistão. Pelo Baianão, a última rodada da primeira fase será no domingo (17), com todos os jogos começando às 16h. O Tricolor enfrenta o Jequié, no Waldomirão, enquanto o Rubro-Negro pega o Flu de Feira, no Barradão.

O JOGO

O jogo começou com o Bahia procurando ficar mais com a bola, enquanto o Vitória buscava a marcação. A primeira ação ofensiva do clássico foi do Tricolor aos três minutos de partida. Artur fez boa jogada pela direita, carregou até invadir a área, mas chutou mal cruzado. Gilberto correu ficou com a bola e tocou para Moisés, mas ele foi bloqueado na hora do cruzamento. Quatro minutos depois, por pouco Neto Baiano não fazia um gol contra ao cortar o cruzamento de Shaylon numa cobrança de falta.

Mas a melhor oportunidade foi desperdiçada pelo Bahia aos nove. Artur recebeu bela inversão de Gilberto. Ele matou, invadiu a área e finalizou. Ronaldo fez boa defesa e, no rebote, Nino Paraíba já chegou chutando para nova intervenção do goleiro rubro-negro que evitou o primeiro gol do jogo.

Na primeira boa finalização, o Vitória quase inaugurou o placar. Aos 14, Neto Baiano aproveitou cobrança de lateral e tocou de cabeça no canto direito de Douglas. A bola passou tirando tinta da trave do Tricolor.

Apesar de superior tecnicamente no papel, o Tricolor errava muitos passes e não conseguia criar oportunidades claras de gol. Enquanto o Vitória, marcava, mas não escapulia bem nas suas investidas no ataque e acabava esbarrando na defesa do adversário.

Aos 38, Ramires descolou belo passe para Gilberto. Já dentro da área, o camisa 9 do Tricolor bateu na dividida com Ramon a bola saiu e é tiro de meta para o Leão. Três minutos depois, em cobrança de escanteio, Edcarlos subiu, mas não conseguiu alcançar a bola, que sobrou para Wesley Dias. O volante bateu rasteiro, mas a defesa tricolor afastou. Artur puxou o contra-ataque, mas foi derrubado por trás por Wesley, que recebeu o cartão amarelo pela falta.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Segundo tempo

O Bahia voltou do vestiário modificado. Flávio entrou no lugar de Nilton, que teve uma queda de pressão. Enquanto o Vitória, voltou com a mesma formação do primeiro tempo.

Logo aos dois minutos, Moisés perdeu um gol de cara. Bola levantada no segundo pau e o lateral sozinho de frente para Ronaldo cabeceou para o chão e o goleiro salvou o Leão mais uma vez. O lateral voltou a perder outra boa chance aos 19. No cruzamento de Shaylon a bola atravessou a grande área rubro-negra e sobrou para Moisés. De cara para o gol, ele errou bisonhamente o chute mandando a bola para lateral.

Edcarlos expulso
No minuto seguinte, Ronaldo cobrou mal o tiro de meta. Gilberto foi lançado, ganhou da marcação na velocidade partindo em direção ao gol e sofreu falta de Edcarlos. Diego Pombo mostrou o cartão vermelho direto para o defensor rubro-negro. Chamusca sacou Erick e colocou Thales para recompor a defesa do Leão.

FICHA TÉCNICA

Bahia 0x0 Vitória
Campeonato Baiano – 8ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 10/03/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Assistentes: Alessandro Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira

Cartões amarelos: Jackson, duas vezes, Flávio (Bahia) / Juninho, Wesley Dias (Vitória)

Cartão vermelho: Jackson (Bahia) / Edcarlos (Vitória)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Nilton (Flávio) e Douglas Augusto; Artur, Ramires e Shaylon (Guilherme); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Vitória: Ronaldo; Jeferson, Ramon, Edcarlos e Juninho; Wesley Dias e Leandro Vilela (Yago); Andrigo, Matheus Rocha e Erick (Thales); Neto Baiano (Léo Ceará). Técnico: Marcelo Chamusca.

Fonte: Bahia Notícias
Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui