Foto: Sérgio Sátiro

Campo Formoso (BA) sediou nesta sexta-feira (05), a 46ª reunião plenária ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru para discutir a gestão da água nos municípios da região que integram a área. A programação aconteceu no prédio da secretaria municipal de desenvolvimento agrário.

O encontro teve a participação de representantes das Câmaras Técnicas de Planos, Programas e Projetos, de Educação Ambiental e Mobilização Social e também de Mediação de Conflitos do comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru e da sociedade civil, além de de empresas e do poder público.

O professor Gustavo Negreiros da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e atual presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru destacou ao Notícias iMais que  construção de uma adutora entre as barragens de Ponto Novo (BA) e Pedras Altas deve ser discutida com a sociedade civil e organizações sociais.

“Essas discussões não são feitas, não são apresentadas e a gente quer participar e discutir com o Estado, que é o nosso papel dado pela lei federal 9.433 dos comitês de bacias, que a gente deve fazer parte da decisão da gestão sobre os recursos hídricos da bacia. E outra coisa, a gente quer um planejamento. A lei diz que a gente precisa de um plano de bacia e o plano que temos é muito antigo, inadequado”, afirmou.

Por: Sérgio Sátiro/NotíciasImais

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui