A entidade LiderAção promoveu a 2ª edição da Feira de Economia Popular: ‘Saberes e Sabores’, durante este domingo (19), na localidade de Puxadeira, zona rural de Campo Formoso (BA). A ação  faz parte do Projeto Mercado de Oportunidades e reuniu centenas de pessoas.

O evento promovido em praça pública expôs peças de artesanato como banco de madeira, pintura e bordados. Além disso, foram comercializados produtos e derivados da agricultura familiar, entre eles frutas, verduras, café torrado e mel. Na programação também aconteceram shows de artistas locais.

A ideia é mantida pela Rede Solivida, tem o apoio do Sintraf e integra também as entidades Carinham e Associação Cultural Raízes e Asas (ACRA) de Campo Formoso (BA).  “Nós estamos mobilizando a comunidade para fazer uma demonstração dos trabalhos que são feitos aqui (…). Nós agricultores sustentamos as famílias brasileiras, isso é muito importante e nos deixa orgulhosos”, afirmou o representante da LiderAção, Gilvan Miranda, ao Notícias iMais.

 

Agricultores de outros projetos do município também participaram, foi o caso de Valdiane dos Santos que atua no projeto de industrialização do ouricuri de no povoado de Lagoa da Roça. “É uma oportunidade para levar os nossos produtos para quem não conhece”, afirmou.

A Feira de Economia Popular teve também a participação do secretário municipal de desenvolvimento agrário Hélio Alves. “Demonstra que os agricultores unidos podem realizar grandes eventos, e aqui estamos em um grande evento (…). Juntando o que está sendo desenvolvido em Puxadeira, com os investimentos do Pro-Semiárido, aqui vai ser uma região com mais produção ainda e agricultura familiar só vai crescer”, comentou.

Para a presidente Detinha do Carinham, a iniciativa passou a fortalecer a produção dos produtos em Campo Formoso (BA). “As portas estão se abrindo para nossos projetos. Valorize o Mercado de Oportunidades que está se expandido cada vez mais. E que todos nos procurem”, disse ao Notícias iMais.

A exposição dos produtos foi encerrada à noite com a programação cultural. Os que apresentaram foram Rudy Marlos, as dupla Helto e Henrique,  e Dlucas e Luan, Raimundo Oliveira, além de uma peça da entidade ACRA.

“Todos estão juntos buscando um único bem comum, que é a busca pela comercialização de seus produtos orgânicos, a troca de experiências e uma riqueza cultural que só existem nestas feiras”, afirmou o presidente da ACRA, Robson França.

Foto: Aderbal Nascimento/LiderAção
Por: Leandro Daniel/Notícias iMais com informações repassadas por Aderbal Nascimento/LiderAção
Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui