É notório que algumas crianças e adolescentes apresentam muitas dificuldade em memorizar o que estudam, e o pior, na hora da avaliação acontece o “famoso” branco, levando os mesmos a um desempenho escolar insatisfatório, o que acarreta também, a frequente preocupação dos pais e educadores.

Quem sabe esta dificuldade se relacione com a maneira que o sujeito estuda?

Para estudar as ciências exatas o mais recomendado é praticar, quanto mais você “colocar a mão na massa”, melhor será sua aprendizagem.

Quando for estudar ciências humanas, o que demanda muita leitura é muito importante um planejamento eficaz de como a leitura de seu material será feita.

O primeiro passo é deixar a “preguiça de lado “, ter uma meta, um objetivo e elaborar uma rotina de estudos. Depois, escolha um local claro, arejado e de preferência que tenha uma mesa.

Mantenha seu foco, desligado TV, celular e, se for usar o computador feche as abas que disperse sua atenção.

Agora vamos estudar?

Na primeira leitura, leia seu material tranquilamente e com um marcador sublinhe o que você jugar importante em cada parágrafo. Na segunda leitura de preferência em voz alta faça anotações, são muito importantes para fixas a aprendizagem. Na última etapa procure falar com suas palavras sobre o conteúdo que você estudou, tente “não pescar”, aborde o assunto como se estivesse explicando para outra pessoa. E se poder socializar o tema com alguém a aprendizagem será mais significativa ainda.

AH! SEMPRE TENHA PERTO DE VOCÊ ÁGUA E ALGO PARA COMER.

ASSIM SERÁ PREFEITO!

LEMBRE-SE, DEDICAÇÃO É TUDO!!!

Por: Psicopedagoga Neila Gama

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui