Foto: Leandro Daniel

Moradores e comerciantes da praça Castro Alves, centro de Campo Formoso (BA), relataram prejuízos materiais por conta da guerra de espadas ocorrida na  madrugada deste domingo (30).

Artefato após uso. (Foto: Leandro Daniel)

O sócio de uma cafeteria comentou numa matéria da rádio 98 FM que teve uma vidraça totalmente destruída. O estrago é estimado em R$ 1.000. Um morador afirmou que as câmeras de monitoramento da residência ficaram detonadas, já outro lamentou a sujeira nas paredes do imóvel da sogra e do Colégio Presbiteriano Augusto Galvão.

Foto: Leandro Daniel

Eles disseram também que uma guarnição da Polícia Militar esteve até por volta da meia noite no local, mas a guerra de espadas aconteceu somente após a saída da viatura. O blog Notícias iMais está tentando manter contato com o comando da 54ª CIPM sobre o ocorrido.

Foto: Leandro Daniel

Durante a semana o poder judiciário reforçou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em proibir a prática do uso de espadas, inclusive autorizou a busca e apreensão de artefatos em residências de Campo Formoso (BA) e Senhor do Bonfim (BA).

Na tarde de sábado (29), no mesmo local, aconteceu o Arraiá do Pau Miúdo com distribuição de doces, balas e picolé para crianças, além da apresentação de quadrilha, porém esse evento tido como manifestação cultural, foi considerado tranquilo.

Por: Leandro Daniel/Notícias iMais

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

um × 4 =