Profissionais da empresa Íris Representações que atuam com vendas de porta a porta alegam que estão sendo confundidos com extorquidores em Campo Formoso (BA), após mensagens falsas circularem em grupos na rede social Whatts app, na quarta-feira (04).

Numa matéria veiculada no jornal da rádio 98 FM nesta sexta-feira (06), o líder da empresa Íris, Mario Cardoso dos Santos Júnior, disse que a população passou a atender mal a equipe composta por sete profissionais.

“A gente trabalha com as grades de fogão para ajudar na economia do gás. Trabalhamos no centro de Campo Formoso e nem fomos para a zona rural, e nos informaram que as pessoas de lá estão assustadas ainda mais. Depois deste áudio,  a gente não conseguiu entrar em casa nenhuma.(…) Dizem que a gente está entrando para roubar, e as pessoas não atendem a gente bem”, disse Mário na entrevista.

O representante comercial disse também que já informou o caso para Polícia Civil e Polícia Militar de Campo Formoso: “A gente já passou tudo”, afirmou Mário.

A empresa Íris Representações tem sede na cidade de Jequié (BA), mas sete profissionais dela devem ficar em Campo Formoso (BA) nos próximos três meses.

 

Por: Leandro Daniel/Notícias iMais com informações da rádio 98 FM

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui