Foto ilustrativa da internet

A pré-diabetes é um termo que chama a atenção da pessoa afetada, pois indica um risco aumentado para o aparecimento de diabetes tipo 2. O risco de progressão é maior em pessoas obesas, sedentárias e com histórico familiar, mas não é um diagnóstico definitivo. É realmente a hora de fazer algumas mudanças no estilo de vida.

No entanto, o prefixo “pré” pode enganar. Estudos atuais mostram que durante o período de pré-diabetes, muitos danos microvasculares já estão ocorrendo, impactando a saúde cerebral e, inclusive, podendo levar à falência renal, cegueira, AVC e doença cardíaca. Por isso, quando o paciente adota uma postura positiva e proativa a maioria dos fatores de risco modificáveis.

Você pode mudar o seu destino, sem precisar recorrer a medicamentos e voltar a ter uma vida saudável com maior qualidade.
Quanto antes agir, melhor!

Por: Nutricionista Raianne Rios

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

4 × quatro =