imagem ilustrativa

Dona Cleunice Guimarães Freitas do povoado de Borda, zona rural de Campo Formoso (BA), há meses faz apelo para receber material que será usado na construção da residência da família dela. No momento, ainda faltam blocos e madeira.

Mãe de uma adolescente de 15 anos e de uma criança de 11 anos, dona Cleunice afirmou ao blog Notícias iMais nesta quarta-feira (18), que o esposo dela tem problemas renais e de próstata e há quase 10 anos não consegue trabalhar. A principal fonte de renda é o programa federal Bolsa Família, porém o recurso não é suficiente para erguer a residência.

Dona Cleunice (Foto: Leandro Daniel)

“Estamos precisando de bloco e o restante da madeira. Estamos precisando de ajuda do pessoal, aquele que puder me ajudar, aceito. (…) Meu esposo não consegue trabalhar desde 2008 porque tem problemas de rins”, relatou.

Muito humilde, a família sempre viveu numa residência que pertencia ao sogro de dona Cleunice.

Moradores da localidade de Borda da Mata já começaram a se mobilizar para construir a residência da família carente.

Ainda de acordo com Cleunice, as doações de qualquer quantia ou em material de construção podem ser feitas diretamente no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores da Agricultura Familiar (SINTTAF), conhecido por sindicado de Erotildes, em frente à sede da unidade do Credi Amigo do Banco do Nordeste, na rua Juca Marques, centro de Campo Formoso.

Por: Leandro Daniel/ Notícias iMais

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

3 × três =