Foto: redes sociais

Circular em via públicas com animais de grande porte ou raças consideradas violentas sem o uso da coleira é um ato perigoso que pode trazer complicações para os transeuntes e para o dono do animal. Tal prática deve ser revista a fim de evitar transtornos futuros, até mesmo para as raças menores.
Ao usar a coleira a pessoa mantém seu cachorro mais perto , e assim cuidar melhor dele, prevenindo acidentes. Os atropelamentos, por exemplo, são muito comuns entre cães, e eles também podem se interessar por algo perigoso, como um fio elétrico caído ou até mesmo provocar tragédias ao atacar pessoas (principalmente crianças e idosos).
Segundo o MAJOR PM ÂNGELO, tem chegado através dos canais de comunicação da 54ª CIPM, principalmente através do Instagram: @54cipm, denúncias sobre uma pessoa não identificada que costuma praticar atividades físicas na ciclovia de Campo Formoso juntamente com cachorros da raça pit bull sem coleira. O cidadão(a) que se sentir em perigo com tal ato pode procurar a delegacia de polícia civil e registrar um boletim de ocorrência.

O Comandante da 54 CIPM já instruiu os policiais militares a orientar as pessoas que transitem com esses tipos de animais a usar a coleira. Os reincidentes serão conduzidos para Delegacia de Polícia Civil de Campo Formoso com base no artigo 31 do DECRETO-LEI N. 3.688 /41 – Lei das Contravenções Penais.
O oficial também destaca que a comunidade pode denunciar essas práticas delituosas através dos canais de comunicação da 54 CIPM.

Fonte: Ascom da 54ª CIPM

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

5 × 5 =