A data concernente a Independência do Brasil 07 de setembro sempre foi na cidade de Campo Formoso, comemorada com muito Patriotismo, havendo no dia desfiles cívicos dos principais estabelecimentos de ensino. Os moradores locais saiam de suas residências para de forma ordeira assistirem os desfiles que passavam pelas ruas centrais, comemorando a data tão significativa que representa o nascimento de uma grande nação livre e soberana.

Foto: arquivo do historiador José Carlos

A Prefeitura Municipal de Campo Formoso, através de sua Junta de Serviço Militar, por diversas ocasiões aproveitou o ensejo para inserir na sua programação cívica a entrega de Certificados de Dispensa de Incorporação (Carteira de Reservista), documento estabelecido na Lei nº 4.375, de agosto de 1964.

Foto: arquivo do historiador José Carlos

No dia 07 de setembro de 1975 um domingo, na gestão do então Prefeito, Manoel Nunes da Cunha Régis (Dr. Régis), lembramos que além do organizado e bonito desfile aconteceu uma destas entrega onde dezenas de reservistas com idade entre 18 a 44 anos foram previamente convocados e compareceram em frente ao antigo prédio da Intendência Municipal as 10:00 horas e em formação entoaram o Hino Nacional, e após com o braço direito estendido horizontalmente prestaram juramento perante bandeira Brasileira.

Era o, Secretário da Junta de Serviço Militar de Campo Formoso, o Funcionário Municipal, Sr. JOSÉ DA SILVA OLIVEIRA, (hoje com 92 anos de idade residindo na cidade de Teofilândia), que foi por um grande período responsável pela repartição.  Nesta solenidade cívica estavam presentes o Prefeito Municipal, Dr.  Manoel Nunes da Cunha Regis, Dr. Sandoval Mota da Silva, Juiz de Direito da Comarca, Dr. Ananias, Promotor de Justiça, Militares do Exército representando a 6ª Região Militar, Vereadores, Diretores de Estabelecimento de Ensino, Delegado de Polícia do Município além de outras autoridades e grande presença de pessoas de todas as idades.

Foto: arquivo do historiador José Carlos
Foto: arquivo do historiador José Carlos

Por: historiador José Carlos Martins

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

4 × 2 =