Foto: Reprodução / SSP-BA

Durante uma operação na cidade de Pindobaçu, no Piemonte Norte do Itapicuru, seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil e por equipes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e militares do Exército Brasileiro. Nesta quinta-feira (14), quatro bananas de dinamite sem numeração foram encontradas no paiol de uma cooperativa de exploração de minérios.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), um revólver calibre 38 com seis munições do mesmo calibre e mais sete calibre 12 também foram apreendidos em uma casa, que era um dos alvos dos mandados de busca e apreensão.

A ação realizada pela Coordenação de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), com apoio da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim), as coordenações de Fiscalização de Produtos Controlados (CFPC), de Operações Especiais (COE) e do Departamento de Polícia Técnica (DPT), visam rastrear e neutralizar a rota de explosivos, utilizados para ataques a instituições financeiras.

As quatro bananas de dinamite foram destruídas por um policial da COE, especialista em explosivos. O delegado Odair Carneiro, coordenador de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras do Draco, detalhou a ação. “A destruição desses explosivos impede a circulação irregular dos mesmos. O maior controle desses artefatos contribui para evitar o destino para atividade criminosa”, comentou.

Bahia Notícias

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui