Foto: Polícia Civil

O homem suspeito de matar o empresário Clebson Deivid Pereira Braz, em agosto deste ano, foi preso no domingo (24) por policiais da Delegacia de Homicídios (DH) de Juazeiro. O autor confessou o crime e disse que a motivação foi ciúmes. O corpo da vítima foi encontrado às margens da BA 210.

A vítima era comerciante de veículos em Petrolina e também teve seu carro, uma Hilux, de cor preta, placa KAT 8613, subtraída pelo autor após sua morte. “Ele atraiu o empresário até sua casa passando-se pela sua companheira, oportunidade em que rendeu a vítima com um simulacro de arma de fogo, amarrou-o com um ‘enforca gato’ e o matou asfixiado. Posteriormente descartou o corpo e deslocou para a cidade de Sobradinho, onde colocou fogo no automóvel”, disse o titular da DH, delegado Thiago Pessoa.

Segundo a PC, o autor ainda indicou o local onde teria guardado três rodas do carro da vítima na cidade de Sobradinho, que foram recuperadas pelos policiais durante um cumprimento de mandado de busca e apreensão.

O homem foi encontrado em Juazeiro com um simulacro de pistola utilizado no crime, seis Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs) falsificados, uma cédula de identidade falsa, uma impressora e um notebook, utilizados na falsificação de documentos”, relatou o delegado.

O material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Juazeiro, onde será investigado o crime de falsidade ideológica. Já o autor da ação delituosa foi encaminhado à delegacia, ouvido e levado para o sistema prisional, onde ficará á disposição da Justiça. Participaram também da da ação policiais da Delegacia Territorial de Sobradinho e do Cati/Norte.

RedeGN com informações da PC

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

2 × 3 =