Foto: José Cruz / Agência Brasil

Deputado federal pela Bahia e presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), Arthur Maia (União Brasil) desmentiu a tese de que ele haveria ido ao encontro do ex-ministro José Dirceu (PT) para costurar um apoio que garantiria uma ‘não-agressão’ entre o ex-preseidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-prefeito ACM Neto (União Brasil). A história foi contada pelo senador Jaques Wagner (PT), durante entrevista para o podcast PodZé, exibido na noite da última segunda-feira (16) na BNews TV.

Ao Metro1, Arthur Maia afirmou que não foi enviado por ACM Neto para qualquer tipo de missão conciliatória junto a Lula ou a José Dirceu, ex-ministro da casa civil do petista.

“Todos os dias falo com dezenas de políticos, de todos os partidos. Isso não é nenhuma novidade, é o cotidiano da atividade política. Mas nunca tratei de nenhum assunto relacionado a ACM Neto com o Zé Dirceu”, disse Arthur Maia.

Bocão News

Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui