Foto: Alberto Coutinho/ Secom

As empresas do setor elétrico preveem contar com mais de R$ 8 bilhões para iniciar a operação comercial de ao menos 69 novas usinas eólicas na Bahia até janeiro de 2026.

O investimento foi feito através de levantamento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) que considerou os contratos firmados em leilões realizados nos últimos anos pela própria organização e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com os novos empreendimentos o mercado espera ofertar anualmente cerca de 362 megawatts médios para o país. O volume é equivalente a 10% de toda a energia que é consumida em território baiano.

O investimento também deve acrescentar mais 1.466 megawatts de potência ao estado, informou a CCEE, elevando a capacidade instalada para geração de energia eólica na Bahia dos atuais 6.114 megawatts para 7.580 megawatts.

Na avaliação da CCEE, além do ganho ambiental, o crescimento do tipo de fonte gera emprego e renda, aumenta a confiabilidade do SIN e mantém o setor elétrico brasileiro entre os mais sustentáveis do mundo.

Bahia Noticias
Compartilhar :

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui