Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O governador Rui Costa (PT) afirmou que processou mais uma vez o prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (sem partido). O petista disse que foi associado com o narcotráfico durante transmissão ao vivo do representante do executivo de Brumado.

“Eu evito fazer debates com pessoas desqualificadas ou que descem a esse nível. Meu nível educacional e moral, que minha mãe me ensinou, não é o mesmo dele. A resposta que eu dou é através da ação judicial e criminal. Eu já entrei com as ações, mais de uma ação, inclusive”, disse Rui Costa.

Durante a live, o prefeito de Brumado criticou uma declaração do petista em relação ao narcotráfico e teria dado a entender que o governador estaria incentivando o tráfico de drogas.

“Como pode um homem chegar a ser governador de um estado e fazer um pronunciamento criminoso como esse? Será que ele não conhece a destruição que a droga faz no país? É disso que vive a esquerda, do narcotráfico”, disse Vasconcelos em transmissão.

Segundo Rui Costa, os ataques do prefeito de Brumado começaram por causa da licitação para privatização do sistema sanitário da cidade. Sem conhecimento do governador, Vasconcelos teria levado o representante de uma empresa numa reunião.

“A irritação dele é porque eu não concordei e não concordaria em fazer direcionamento de licitação de obras. Então, ele está querendo privatizar o serviço de água e esgoto e levou ao gabinete do governador uma empresa interessada em participar da licitação dele e me pediu que eu concordasse com esse processo de licitação. E que concordasse com a privatização”.

Bahia Notícias

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui