foto: Reprodução/Instagram)

A equipe de Erasmo Carlos informou, nesta terça-feira (22/11), que o velório do cantor será fechado apenas para família e amigos íntimos. Em nota, divulgada nas redes sociais, foi exaltado o legado que ele deixa para o público e, segundo o comunicado, aqueles que quiserem homenageá-lo, “escutem suas músicas, suas mensagens”.

O cantor e compositor Erasmo Carlos morreu nesta terça-feira (22/11), aos 81 anos. Ele estava internado no Hospital Barra D’Or, no Rio de Janeiro, e chegou a ser entubado, mas não resistiu.

Erasmo lutou durante quatro anos contra um um câncer no fígado e, aos 79 anos, ele anunciou que estava curado. “Não gosto de tristeza na minha vida”, comentou o músico na época.

Mas, agora, ele nos deixou em uma data simbólica: “No dia do músico, nosso amado Erasmo Esteves, o Erasmo Carlos, o Gigante Gentil, o Tremendão, o Pai do Rock Nacional, se despediu. Erasmo criou, amou, acompanhou a cada um de nós nos momentos importantes das nossas vidas. E além de todas as maravilhas que compôs e cantou durante décadas, ele nos deixou recados: o futuro pertence à jovem guarda. E que é preciso saber viver! Vamos continuar cuidando das novas gerações, por nós e por ele”.

O comunicado também ressalta que a cerimônia de despedida será fechada e há outras maneiras de homenagear o cantor. “O velório será fechado à família e amigos íntimos. Quem quiser homenageá-lo, escute suas músicas, suas mensagens. Nada o faria mais feliz e amado!”, afirmam.

Estado de Minas

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui