A Comissão Pastoral da Terra (CPT) vai lançar o Caderno de Conflitos no Campo Brasil com números da violência por terra, água e trabalho análogo à escravidão no ano de 2022. Na região, o evento vai acontecer às 18h de quarta-feira (10) no auditório do campus da Universidade Federal do Vale do São Franscisco (UNIVASF), em Senhor do Bonfim (BA).

Em entrevista ao Jornal das Sete da rádio 98 FM nesta sexta-feira (05), o professor da Univasf, Átila Menezes detalhou os números registrados nos municípios de Campo Formoso (BA) e Antônio Gonçalves (BA).

Segundo dados da CPT, ao todo foram 2018 conflitos no Brasil. Em Campo Formoso, as disputas por terra ocorreram 22 vezes e envolveu 121 famílias de comunidades de fundo e fecho de pasto.

Já em Antônio Gonçalves foram 12 registros de conflitos por terra. 290 famílias foram citadas no Caderno de Conflitos. Em relação à disputa por água, a CPT informou que ocorreram três vezes com 293 famílias.

É importante debater sobre estes conflitos, porque os conflitos reverberam, inclusive na questão da saúde pública, na questão das águas que vamos consumir”, afirmou o professor Átila Menezes.

O lançamento do Caderno de Conflitos da CPT é uma das atividades da Jornada Universitária pela Reforma Agrária Popular (JURA), que há 10 anos promove discussões sobre reforma agrária e reúne várias instituições de ensino superior, entre elas a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), a própria Univasf e movimentos sociais.

Nos próprios países capitalistas de primeiro mundo a reforma agrária já ocorreu, inclusive é uma necessidade, mas no Brasil infelizmente o grande latifúndio permanece e isso cria uma série de problemas como a segurança alimentar, a violência no campo, o encarecimento dos alimentos porque boa parte do que é produzido pelo grande latifúndio, por exemplo, são comodities pra exportação, enquanto o povo fica necessitado de alimento”, citou o professor Átila.

 Site da 98 FM de Campo Formoso (BA)

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui