Foto: rede social Brejão da Caatinga

A comunidade de Brejão da Caatinga, na zona rural de Campo Formoso (BA), vai realizar esta semana uma programação alusiva ao massacre encabeçado por Lampião contra cinco policiais militares em 04 de julho de 1929.

Em entrevista ao Jornal das Sete desta segunda-feira (03), o professor Pedro Oliveiro afirmou que o projeto “Cangaçou Estilizando a Caatinga” vai acontecer entre esta segunda-feira (03) e o próximo domingo (09) para homenagear os policiais mortos. Terá exibição de filmes, desfile cívico, apresentação de orquestra, culto evangélico, além de inauguração de monumento e festa na praça do comércio.

Vamos dar um estilo novo a Brejão Da Caatinga e através desse marco histórico que a gente possa tá trazendo o desenvolvimento”, disse o professor Pedro.

Segundo historiadores, os quatros soldados e um cabo identificado por Militão foram mortos há 94 anos por um bando de 12 homens, ambos chefiados por Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. À época, os policiais estavam em direção à fugitivos da cadeia da atual cidade de Senhor do Bonfim (BA), e decidiram repousar em Brejão. Na manhã seguinte, ao sair da localidade, a volante da PM foi encontrada por acaso pelos cançageiros. A saga é contada em vários livros de História do Brasil.

98  FM de Campo Formoso (BA)

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui