De 13 a 16 de setembro, a Feira Literária Internacional de Canudos (Flican) vai reunir escritores, pesquisadores e intelectuais para discutir temas relacionados à temática do sertão de hoje e do passado. Entre os convidados desta quarta edição do evento, estão o escritor e membro da Academia Brasileira de Antônio Torres, o fotógrafo premiado Evandro Teixeira, o cineasta Antônio Olavo, entre outros destaques da programação.

O tema central da feira, que é uma realização da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), será Literatura e Resistência, com destaque para os 130 anos da fundação do povoado de Belo Monte, por Antônio Conselheiro, e o Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia. As atividades vão acontecer em locais emblemáticos da histórica cidade, a exemplo do Parque Estadual de Canudos, o Memorial Antônio Conselheiro, o Museu João de Régis, o Museu Manoel Travessa, o Mirante do Conselheiro e o Instituto Popular Memorial de Canudos (IPMC).

Uma das mesas mais esperadas terá como principal palestrante o imortal Antônio Torres, que vai falar sobre O Sertão no imaginário brasileiro contemporâneo, no sábado (dia 16), às 8h. Para o escritor, o tema, antes tratado com certo preconceito, ganhou força nos últimos anos e atribui essa revitalização ao trabalho de autores contemporâneos que têm explorado o assunto sob uma nova visão.

Nesse universo, Antônio Torres lembra que a Bahia está representada por nomes como Aleilton Fonseca, Franklin Carvalho e Itamar Vieira Júnior. “Fiz uma pesquisa sobre o tema e pretendo dar uma mostra durante minha apresentação na Flican. A retomada do sertão é resultado dos olhares dos novos autores que vêm reciclando a temática. O sertão de hoje não é mais o de Euclides da Cunha que não era igual ao de Guimarães Rosa, que também era diferente do cinema de Glauber Rocha, em Deus Diabo na Terra do Sol”, diz o escritor que é natural de Sátiro Dias, Bahia.

O sertão do mestre
Outro baiano que é uma referência do fotojornalismo nacional e internacional e estará na Flican. Trata-se de Evandro Teixeira, natural de Irajuba e autor de imagens icônicas da história recente do país. Ele participa, na sexta-feira (dia 15), às 17h, da mesa que vai abordar parte importante de sua obra: Enquadre da infância sertânica na fotografia de Evandro Teixeira. Um dos seus trabalhos mais celebrados é a série de trabalhos que resultou no livro Canudos: 100 anos, lançado em 1997.

Na sexta-feira, tem ainda palestra do professor da Universidade Federal do Recôncavo, Sérgio Guerra Filho, que vai abordar o tema Da resistência de Bello Monte: à Independência do Brasil – as permanências e rasuras da barbárie.

Com curadoria do professor e pesquisador Luiz Paulo Neiva, a IV Flican é promovida pela Uneb, com apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação e da Cultura, do Instituto Popular Memorial de Canudos (IPMC) e da Prefeitura de Canudos.

Confira a programação principal da IV Flican

I – PROGRAMAÇÃO PERMANENTE
Dia 13/09 – Quarta-Feira
09h às 12h: Recepção e credenciamento
14h às16h
Mesa 1: O (SER) TÃO e o Heroísmo Anônimo nos Acervos de José Aras: Diálogos sobre Memória, História, Léxico e Sociedade.
Prof.ª. Adriana Fontes – PPGEL/UNEB
Prof.ª. Ana Naara Cunha- Pesquisadora
Profª. Anita Santana – Escritora
Profª. Ilza Carla Reis – UNEB (mediadora)
Local: Tenda Bello Monte

14h às16h
Mesa 2: “Escrevivência” e Resistência dos Povos Originários no Sertão da Bahia
Prof. Ângelo Kaimbé – UNEAD
Profª. Graça Graúna – UPE
Cacique Juvenal Payayá – Aldeia de Utinga
Profª Telma Cruz – UNEB (Mediadora)
Local: Auditório José Calasans

16h às 17h
Desfile Literário
Escola Profª Regina Cardoso de Carvalho
Local: Trajeto da Avenida Juscelino Kubitschek

17h às 18h30
“Performance Autobibliográfica/Canudos ao olhar de um Canudense”
Por Marcio Malta
Direção: Marcial de Asevedo
Universidade Federal do Tocantis
Local: Trajeto da Avenida Juscelino Kubitschek

19h às 20h – Sinfonias que clamam por resistência
Concerto musical – Orquestra Sisaleira, de Conceição do Coité, BA
Local: Tenda Bello Monte

20h- Abertura oficial

21h – Outorga da Comenda BELLO MONTE 130 ANOS a personalidades que contribuíram e/ou contribuem para a preservação da memória de Canudos

22h – Vozes que encantam o Bello Monte
Show Musical, com Gereba e Roze
Local: Palco Maria Felipa

14/09 – Quinta-Feira

09h – Conferência Inaugural
Um Brasil chamado Bello Monte
Walnice Galvão
Profª. Emérita da USP
Local: Auditório José Calasans

10h às 12h
Mesa 3 – Pesquisas Acadêmicas por Pesquisadores/as Canudenses
Profª. Elane Santos – CAC/UNEB
Profª. Maria Raimunda Oliveira – PPGEL/UNEB
Profª. Josileide Varjão – Pós-Crítica/UNEB
Profª. João Batista Lima- Pós-Crítica/UNEB
Local: Auditório José Calasans

10h às 12h
Mesa 4 – Com a Palavra, as Mulheres: Literatura para Existir e Resistir
Profª. Clarissa Macedo – Escritora
Profª. Andréa Mascarenhas – Escritora e docente UNEB
Profª. Lílian Almeida – Escritora e docente UNEB
Profª. Jéssika de Oliveira – Escritora
Profª. Ilza Carla Reis – Escritora e docente UNEB (Mediadora)
Local: Tenda Bello Monte

14h às 16h
Mesa 5 – Literatura que Adentra Sertões
Profª. Lícia Soares
Prof. Aleilton Fonseca – UEFS

Profª. Lidiane Pinheiro – UNEB – Mediadora
Local: Tenda Bello Monte

14h às 15h30
Reunião do Conselho Pleno do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE), celebrativa aos 130 anos de Bello Monte e ao Bicentenário da Independência do Brasil.
Assinatura do Protocolo de Educação Literária do Conselho Estadual de Educação da Bahia/FLICAN
Local: Câmara Municipal de Vereadores

15h às 17h
Mesa 6 – Evocação a Bello Monte
Prof. Manoel dos Santos Neto – CEEC/UNEB
Cineasta Antônio Olavo – PORTFOLIUM
Prof. João Ferreira – CELC
Prof. João Batista Lima – IPMC/Pós-Crítica (Mediador)
Local: Tenda Bello Monte

17h às 18h
Enquadre da infância sertânicas na fotografia de Evandro Teixeira
Profª. Ester Figueiredo
Fotógrafo Evandro Teixeira
Mediação: Prof. Luiz Paulo Neiva
Local: Tenda Bello Monte

19h às 20h
Apresentação Teatral: O Auto da Compadecida
Organização: Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza
Local: Palco Maria Felipa

20h às 22h
Conferência 2 – Bello Monte: minha terra, nossos sonhos, meu país
Prof. Eginal Cardoso dos Santos
Local: Tenda Bello Monte

22h
Da aurora do Bello Monte ao crepuscular de Canudos
Show musical, com Fábio Paes e Wilson Aragão
Local: Palco Maria Felipa

Dia 15/09 – Sexta-Feira
08h às 10h
Mesa 7 – Antônio Conselheiro, de Quixeramobim a Canudos: a preservação da memória de uma história brasileira de resistência
Prof. Pedro Igor Pimentel Azevedo – Casa Antônio Conselheiro, Quixeramobim – CE
Prof. Neto Camorim – IPHANAQ, Quixeramobim – CE
Prof. Alênio Alencar – Casa de Saberes Cego Aderaldo, Quixeramobim – CE
Local: Tenda Bello Monte

10h às 12h
Mesa 8 – A Luta pela Terra, pela Água e pela Dignidade Humana, desde Bello Monte
Prof. Josemar Martins (Pinzoh) – UNEB
Profª. Tiago Pereira- CEE/Bahia Sem Fome
Prof. Pedro Lima Vasconcellos – UFAL
Profª. Maria da Glória Cardoso – IPMC
Prof. Wanderley Leite – IPMC (Mediador)
Local: Auditório José Calasans

10h às 12h
Mesa 9 – Bello Monte e a Luta contra a Barbárie
Pe. Enoque Oliveira – Movimento Popular pelos Mártires de Canudos (MPMC)
Profª. Cely Tafarel – UFBA
Prof. Sérgio Guerra – UNEB
Local: Tenda Bello Monte

14h às 16h
Mesa 10 – Por uma Epistemologia para o Ensino de História de Canudos
Profª. Betânia Carvalho – CELC
Profª. Francicleide Costa – CELC
Profª. Daniela Reis – Colégio Modelo Profª Maria José de Sousa Alves
Prof. Roberto Gama – Secretário de Educação de Canudos (Mediador)
Local: Tenda Bello Monte

14h às 16h
Mesa 11 – “Canudos: novas trilhas” (Documentário seguido de debate)
Prof. Roberto Dantas – UNEB
Rodrigo Moate Severo – CONDER
Local: Auditório José Calasans

16h às 18h
Mesa 12 – Sessão Solene da Câmara Municipal de Vereadores de Canudos celebrativa pelos 130 anos de Bello Monte
– Outorga do título de Cidadão de Canudos ao ilustre fotógrafo Evandro Teixeira
Local: Câmara Municipal de Vereadores de Canudos

20h às 22h
Conferência 3 – Da resistência de Bello Monte: à Independência do Brasil – as permanências e rasuras da barbárie
Prof. Sérgio Guerra Filho
Universidade Federal do Recôncavo Baiano – UFRB
Local: Tenda Bello Monte

22h
O território do Sisal e o território de Antônio Conselheiro em tons geniais
Show musical, Sóstenes Costa e Sertão Sol
Local: Palco Maria Felipa

Dia 16/09 – Sábado
08h às 10h
Conferência 4 – O Sertão no imaginário brasileiro contemporâneo
Acadêmico Antônio Torres – Academia Brasileira de Letras
Prof. Adriano Eysen Rego – UNEB (Mediador)
Local: Tenda Bello Monte

10h às 12h
Mesa 13 – A Educação de Jovens e Adultos: Resistência e Emancipação
Prof. Paulo Gabriel – Presidente CEE/BA
Prof. Miguel Arroyo – UFMG
Profª. Maria do Socorro Alencar Nunes – NEJA/SECADI
Profª. Leda Couto – Pós-Crítica/UNEB
Local: Auditório José Calasans

10h às 12h
Mesa 14 – Pesquisa, Ensino e Extensão em territórios da UNEB
Profª. Edonilce Barros – UNEB/Juazeiro
Prof. Adriano Eysen – UNEB/Conceição do Coité
Prof. Nelson Nascimento – UNEB/Euclides da Cunha
Prof. Vinicius Silva – UNEB/Paulo Afonso
Profª. Aurea Pereira – UNEB/Alagoinhas
Profª. Érica Nogueira – UNEB/Alagoinhas
Profª. Aldrin Castellucci – UNEB/Alagoinhas
Profa. Isabelle Sanches – UNEB/Serrinha
Local: Tenda Bello Monte

14h às 16h
Mesa 15 – Literatura Nordestina e o Danado de Bom
Marlene Moreira
Efigenio Moura
Profª. Ester Figueiredo – Mediadora
Local: Tenda Bello Monte

14h às 16h
Mesa 16: “Canudos Memória Eterna”
Organização: Comissão Pró-Celebração dos 130 anos de Fundação de Bello Monte
Cineasta Antônio Olavo – PORTFOLIUM
Profª. Maria de Lourdes Ornellas – UNEB
Prof. Manoel Neto – CEEC/UNEB
Prof. Paulo Torres – UEFS/IPMC
Prof. Sérgio Guerra – UNEB
Local: Auditório José Calasans16h às 18h:
Ato estético-político-cultural: Caminhando e Cantando – Visitantes e população em geral, irradiando e fazendo incorporar o tema do evento, no percurso da Avenida Juscelino Kubitschek, que articula e mobiliza um circuito estético-político cultural, envolvendo performances, exposições, instalações de todos os segmentos culturais (música, teatro, audiovisual, pintura, fotografia, circo, literatura, leituras, bibliotecas comunitárias, redes de tecnologias e comunicação, religiões, entre outros), em suas formas e debates no âmbito de políticas culturais como direito, acesso, geração de renda e construção de mercados alternativos e solidários;
Direção: Ivan Santana

21h – Apresentação Literomusical do Coletivo de Mulheres Semi.Áridas
Mel do Cumbe, Abigail Ferreira, Carina Oliveira e Maria Strudut
Local: Palco Maria Felipa22h – O Canto dos filhos de Canudos
Show Musical de Encerramento, com Bião de Canudos e Robertinho Kambalacho
Local: Palco Maria Felipa

Compartilhar :

Comentar com Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui